oi Ata CEPG dezembro 2019

Ata CEPG dezembro 2019

Atas
Array Imprimir Array

ATA da reunião da CEPG do dia 03 de dezembro de 2019


 

Local: EFLCH -UNIFESP - sala 307

Horário: 10h  às 12h

Docentes Presentes: Profa. Cláudia Vóvio (Coordenadora), Profa Maria de Fátima Carvalho (vice-coordenadora), Profa Magali Silvestre (Diretora Acadêmica), Prof. Marcos Cezar de Freitas (Coordenador Câmara de Pós-Graduação),  Profa Amália Covic, Prof. Umberto Andrade,  Prof. José Crochik, Profa. Márcia Romero, Prof. Daniel Revah, Profa Luciane Bertini.

 

Justificaram ausência: Prof. Wagner Valente, Profa Rosilda Moraes, Profa Sueli Rizzutti

 

----------------------------------------------------------------

A) Vacância na coordenação do Programa e as indicações advindas da reunião com a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, Câmara de Pós-Graduação e Diretoria Acadêmica no dia 28/11

A Profa Claudia Vóvio retomou a situação do PPGES  desde a saída da Profa Denise. Relembrou que seu mandato e da Profa Maria de Fátima  Pró-tempore seria finalizado em setembro/2019, mas se mantiveram na coordenação, pois o PPGES possuía demandas urgentes, por exemplo, processo seletivo, regularização dos professores colaboradores e verba PROAP. Além disso, nenhum docente havia de candidatado à coordenação nas últimas eleições. Entretanto, informou que não poderiam mais prorrogar o mandato, que foi finalizado no dia 03/12.

Informou que aguardou a nomeação de Prof. Marcos Cezar como coordenador da Câmara de Pós-Graduação e agendou uma reunião para falar sobre a delicada situação do PPGES. A reunião foi realizada no dia 28/11, com o Prof. Marcos Cezar (Coordenador da Câmara), Magali Silvestre (Direção Acadêmica), Profa Lia (Pró-Reitora) e Profa Maria de Fátima (Vice-coordenadora do PPGES).

A Profa Maria de Fátima informou que na reunião leu uma carta para Pró-Reitora contando toda a situação do Programa após a saída da Profa Denise e Profa Sylvia Vitale da Coordenação e Vice-coordenação respectivamente. Informaram sobre a formação da Comissão Pró-tempore, as questões que impediram que a Profa Amália assumisse a coordenação até a decisão de que ela e Profa Claudia ficariam na coordenação até processo de eleição de novo coordenador, previsto para finalizar em setembro.  Foi organizada eleição, mas não houve nenhuma candidatura.

A Profa Magali também retomou a situação do programa, informou que a questão foi levada a Congregação na época da saída da Profa Denise. Na reunião a Profa Lia apresentou algumas possibilidades para resolver a situação. Sugeriram que o Prof. José Leon assumisse a coordenação, mas não haveria possibilidade por questões jurídicas.  Informou que diante a vacância de coordenação, caso o PPGES não apresentasse um novo coordenador, a Instituição deveria indicar o nome de um Coordenador que deverá permanecer até o final das atividades do Programa.

O Prof. Marcos Cezar relembrou toda a trajetória do PPGES, desde a fundação. Relembrou a mudança de área, de interdisciplinar para educação, e de outras mudanças que fizeram para atender questões levantadas pela CAPES. Lembrou que  Educação e Saúde foi o primeiro programa do campus Guarulhos, um dos que mais formou alunos e possui mais bolsas. Relatou que o programa deve fazer ajustes para resolver o problema atual, que vai além da escolha de um novo coordenador.

A Profa Magali ressaltou que tudo que foi feito na gestão da coordenação anterior da Câmara foi para tentar resolver as questões do programa.

O Prof. Umberto questionou sobre o adiamento do Seminário Anual. Informou que os organizadores deveriam ter sido consultados sobre o adiantamento e que o PPGES dever criar um projeto coletivo. A Pofa Claudia explicou que não houve tempo para convocar uma reunião com a Comissão Organizadora. Mediante o que foi discutido na reunião do dia 28/11, após conversar com a Profa Maria de Fátima, Profa Magali e Prof. Marcos Cezar, acharam mais prudente adiar. Não seria viável discutir reorganização das linhas de pesquisa sem saber qual o planejamento do próximo coordenador.  O Prof. Marcos Cezar mencionou que há questões estruturais que precisam ser resolvidas, por isso não seria possível manter o evento. A Profa Magali mencionou a intervenção que poderá ser feita pela Pró-Reitoria e seria contraditório  um seminário para discutir reorganização do programa se não há um coordenador para dar andamento nas atividades.

Também foi falado do momento contraditório vivido no PPGES, pois há um processo seletivo em andamento,  há credenciamento de novos professores,  Seminário para pensar na reorganização das linhas de pesquisa e estratégias. Há atividades que indicam a continuidade, mas mesmo assim não há candidatos para assumir a coordenação.

Foi informado que a Pró-reitora convocou todos os docentes do PPGES para reunião no dia 09/12, às 13h, para falar sobre a resolução da vacância da coordenação e, se não for apresentada nenhuma solução, é possível que façam intervenção institucional para indicar um nome.

B) Homologações

Sem mais, a reunião foi finalizada às 12h40.

Rute Dourado

Assistente em Administração

PPG Educação e Saúde na Infância e na Adolescência

EFLCH - Unifesp