Ementa

 

  

 

O fomento e a difusão das práticas de educação ambiental visa contribuir, para que integrantes de diferentes segmentos da população, de forma criativa, critica e autônoma, construam conhecimentos sobre a situação e perspectivas socioambientais e para que se capacitem a incorporar hábitos e estilos de vida amigáveis por meio da convivência pacífica e compatíveis com a sustentabilidade da vida na cidade de São Paulo e no planeta. 

 

Para dar andamento a essas práticas, criam-se os polos de educação ambiental em educação ambiental e cultura de paz nos territórios de cada Subprefeitura, para descentralizar as ações de capacitação (cursos e outras atividades de longa duração) e sensibilização (atividades diversas de curta duração) na educação ambiental não formal. 

 

Formação de uma equipe de multiplicadores e representantes das escolas com o intuito de implementar a coleta seletiva, quando necessário e conveniente.

 

Aplicação dos conhecimentos de EA por meio das diversas disciplinas bem como estruturação de oficinas, feiras ambientais, atividades extra-classe.

 

Estímulo para o envolvimento dos pais na mesma questão em atividades que ocorram na própria escola, com o intuito de diminuir cada vez mais a quantidade dos resíduos e reaproveitamento dos mesmos.

 

Estabelecimento de uma consciência cidadã com relação ao consumo dentro e fora da escola. Acesso ao conhecimento para a reutilização de restos alimentares capazes de serem ainda aproveitados

 

 

Objetivo Geral

Capacitar  professores, educadores, profissionais da área e interessados em geral  para o fomento e difusão de práticas de educação ambiental

 

Plano Pedagógico

  • Utilização de dinâmicas de grupo
  • Preleção dialogada
  • Filmes, vídeos
  • Estudo de casos
  • Visitas monitoradas