Você está aqui: Página Inicial

Introdução

O Curso de Pós-Graduação em Patologia da UNIFESP-EPM foi credenciado em 1978, foi aprovado pelo Conselho Federal de Educação parecer No.878/81 e re-credenciado em 17/03/1988, e nesse mesmo ano foi credenciado o Curso de Doutorado.

 

Linhas de Pesquisa: 

Patologia Humana   

       

  • aspectos morfológicos, fisiopatogênicos e moleculares das doenças
  • carcinogênese
  • alterações degenerativas e mecanismos de reparo tecidual
  • patologia forense

 

Patologia Experimental   

 

  • aspectos morfológicos, fisiopatogênicos e moleculares das doenças
  • carcinogênese
  • alterações degenerativas e mecanismos de reparo tecidual
  • patologia forense

 

A Comissão de Especial de Pós-Graduação (CEPG), que é formada por um coordenador, um vice-coordenador, docentes orientadores do Curso e por um representante dos alunos de pós-graduação, estabelece normas de seleção e permanência dos candidatos, assim como integralização dos créditos e desenvolvimento do programa didático, observando-se as orientações da Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa da UNIFESP

O Programa contribuiu, em seus 38 anos de existência, para a formação de pesquisadores na área de PATOLOGIA e áreas afins e vem sendo avaliado ininterruptamente, pelas Comissões Examinadoras da CAPES.

O Programa de Pós-Graduação em PATOLOGIA está sendo coordenado pela Profa. Dra. Rita Sinigaglia Coimbra, sendo vice-coordenador Prof. Dr. Gilles Landman, juntamente com a CEPG (Comissão Especial de Pós-Graduação), órgão departamental constituído pelos orientadores do Programa e um representante discente.

Nos últimos anos, temos estimulado os nossos alunos de mestrado e doutorado a se inserirem nos grupos de pesquisa do Departamento, além dos esforços das publicações científicas em periódicos de alto índice de impacto, tendo sempre como co-autores alunos de mestrado e doutorado do curso.

 

Objetivos:

O Curso de Pós-Graduação em Patologia, em sentido estrito, tem como objetivo o desenvolvimento científico-tecnológico e a formação e aprimoramento de docentes e pesquisadores, levando à obtenção dos títulos de Mestre e Doutor, observadas as normas do Conselho de Pós-Graduação e Pesquisa.

Para atingir estes objetivos, criaram-se condições criteriosas de admissão e de qualificação dos alunos. Para obter o grau de Mestre e Doutor em Patologia o estudante deve ter um artigo original publicado como primeiro autor, em revista indexada .

O Departamento de PATOLOGIA mantém a infra-estrutura necessária para que os alunos possam manter-se atualizados com a literatura dentro da área, o que possibilita desenvolver espírito crítico, essencial para a formação científica. O Departamento e os laboratórios oferecem as condições necessárias para o desenvolvimento do trabalho de tese, incluindo as instalações, equipamentos e material de consumo.

 

NÚMERO DE PÓS-GRADUANDOS E PÓS-DOUTORES (2007 - 2013)

NÍVEL

MATRICULADOS

EGRESSOS

MESTRADO ACADÊMICO

38

07

MESTRADO PROFISSIONAL

.....

.....

DOUTORADO

34

11

PÓS-DOUTORADO

05

03

TOTAL

77

21


 

 

Ações do documento