A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA NA ESCOLA DE PRIMEIRAS LETRAS, 1850-1960:
um inventário de fontes
Para além do desenvolvimento de projetos de pesquisa cujo foco é a história da educação matemática brasileira, o GHEMAT – Grupo de Pesquisa de História da Educação Matemática considera fundamental a organização de inventários de fontes. É recorrente a informação sobre a falta delas para o conhecimento de cotidianos passados do ensino de matemática.

Em realidade, a documentação existe, e em número surpreendentemente grande, mas não está organizada para a pesquisa. Trabalho árduo, que envolveu vários pesquisadores, este DVD tem o propósito de apresentar a digitalização de materiais relacionados à educação matemática nos primeiros anos da escolaridade. Revistas pedagógicas, livros didáticos, manuais de ensino, provas de alunos e legislação escolar constituem a base dessa documentação.

O material apresentado visa encurtar a distância dos pesquisadores aos documentos do ensino primário, a partir do uso de digitalizações. Claro está que se trata de um levantamento parcial, considerando-se a existência de uma infinidade de documentos, relativa ao ensino primário, espalhada por todos os cantos do país. Além disso, o material aqui digitalizado diz respeito, em alguma medida, à escola paulista, embora inclua outros estados brasileiros.

Tome-se essa contribuição do GHEMAT como mais uma iniciativa que intenta motivar pesquisadores a não deixarem para segundo plano os documentos que encontram e utilizam em seus projetos. As fontes, para a pesquisa, são preciosas. Preciosas, ainda, são a organização e disponibilização dessas fontes para a comunidade interessada nos caminhos seguidos pelo ensino de matemática que chegam aos dias atuais.