Humanidades e Saúde

Disciplina de Pós Graduação
2º SEMESTRE DE 2019

Vamos apresentar e discutir a contribuição das Humanidades e das Ciências Humanas enquanto caminho de formação humanística e humanização na área da saúde. Literatura, Filosofia e Espiritualidade em suas diversas interfaces com a saúde serão abordados a partir do repertório teórico e de trabalhos de pesquisa desenvolvidos no CeHFi por professores e por pesquisadores de pós-graduação.

Professor Responsável: Prof. Dr. Dante Gallian (CeHFi – PPGSC - PPGECS)

Professores Participantes: Prof. Dr. Dante Gallian (CeHFi – PPGSC - PPGECS), Profa. Dra. Viviane Cândido (CeHFi), Prof. Dr. Simeão Sass (CeHFi), Profa. Dra. Nádia Vieira (CeHFi)  e Prof. Dr. Rafael Ruiz (EFLCH)

Promoção: Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde (CeHFi) / Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva do Dep. de Med. Prev. da EPM/ Programa de Pós-Graduação Ensino em Ciências da Saúde do CEDESS-UNIFESP.

Datas e horários:
Quartas-feiras (semanal)
Datas: Agosto: 7, 14, 21, 28 (Colóquio) / Setembro: 4, 11, 18, 25 / Outubro: 2, 9, 16, 23, 30 / Novembro: 6, 13, 27 / Dezembro: 4.
Horário: 9:00 – 12:00 hs

Carga Horária Didática: 51.
Carga Horária Atividades: 54
Créditos: 7 (mínimo de 75% de presença e aproveitamento em avaliação escrita)
Vagas: 25

Local: Rua Loefgreen 2026.

>>> INSCRIÇÕES: de 1 a 31 de julho de 2019, AQUI

Quem pode fazer: alunos de pós graduação da UNIFESP e alunos especiais mediante justificativa.

Critérios: as vagas serão preferencialmente preenchidas por alunos matriculados, de acordo com a ordem de inscrição. Para alunos não matriculados em programas de pós-graduação da UNIFESP os candidatos serão selecionados de acordo com a justificativa, que deve abordar a pertinência da disciplina para seus projetos.

Ementa e Objetivo Geral:

Partindo das diversas experiências e linhas de pesquisa desenvolvidas no Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde (CeHFi) da Escola Paulista de Medicina (EPM) da UNIFESP, esta disciplina de pós-graduação pretende apresentar e discutir a contribuição das Humanidades e das Ciências Humanas enquanto caminho de formação humanística e humanização na área da saúde. Temas como Literatura, Filosofia e Espiritualidade em suas diversas interfaces com a saúde serão abordados a partir do repertório teórico e dos trabalhos de pesquisa desenvolvidos pelos professores do CeHFi e professores convidados. A disciplina contará também com apresentação e discussão de projetos e trabalhos de pesquisa desenvolvidos por pesquisadores de pós-graduação inseridos nas linhas de pesquisa do Centro.

Objetivos Específicos:

- Possibilitar uma revisão dos norteadores teóricos para o conceito de Humanidades e suas relações com as Ciências da Saúde.

- Fomentar o contato com a bibliografia básica fundamental a respeito dos temas centrais Literatura e Experiência Estética como forma de humanização em saúde, educação e cultura; Filosofia, História e Espirituallidade em Saúde.

- Possibilitar a elaboração de trabalho científico na forma de artigo que será avaliado ao final do curso.

Metodologia:

Leitura prévia de textos determinados e discussão dos mesmos nos encontros do Seminário

Avaliação:

- Elaboração de um artigo científico nos moldes da ABNT versando sobre um dos temas abordados durante o curso.

Programação por aulas e textos:


1. 07/08/19 - Aula Inaugural (20 Anos do CeHFi) - Ciências Humanas, Humanidades e Humanização em Saúde: conceitos e práticas (Prof. Dante Gallian)

Bibliografia Obrigatória:

GALLIAN, D.M.C.; PONDÉ, L.F.; RUIZ, R. “Humanização, Humanismos e Humanidades: Problematizando Conceitos e Práticas no Contexto da Saúde no Brasil” in Revista Internacional de Humanidades Médicas, V. 1, N. 1.

Bibliografia Complementar:

Jakob Ousager, PhD, and Helle Johannessen, PhD. Humanities in Undergraduate Medical Education: A Literature Review. Academic Medicine, Vol. 85, No. 6 / June 2010.

Shapiro, Johanna PhD; Coulehan, Jack MD, MPH; Wear, Delese PhD; Montello, Martha PhD. Medical Humanities and Their Discontents: Definitions, Critiques, and Implications. Acdemic Medicine. Volume 84(2), February 2009, pp 192-198

 

2. 14/08/19 - Para que servem as Humanidades? (Prof. Rafael Ruiz)

Bibliografia Obrigatória:

LEWIS, C.S., A Abolição do Homem, Martins Fontes, São Paulo, 2005, Cap. 1.

Bibliografia Complementar:

LÓPEZ QUINTÁS, A., Cómo formarse em Ética a través de la Literatura. Análisis estético de obras literárias, Rialp, Madrid, 1994

---------------------------------, Estética, Editora Vozes, São Paulo, 1992.

LEWIS, C.S., A Abolição do Homem, Martins Fontes, São Paulo, 2005.

 

3. 21/08/19 - A Literatura como forma de conhecimento (Prof. Rafael Ruiz)

Bibliografia Obrigatória:

COMPAGNON, A., Literatura para quê? Editora UFMG, Belo Horizonte, 2009.

Bibliografia Complementar:

POLO, Leonardo, Quién es el Hombre? Rialp, Madrid, 2001.

ARENDT, Hannah, A vida do espírito: o querer, o pensar, o julgar.Civilização Brazsileira, Rio de Janeiro, 2009.

MARÍAS, Julián, Breve Tratado de la ilusión, Alianza Editorial, Madrid, 1985.

 

28/08/19 -  VI Colóquio Internacional Humanidades, Narrativas e Humanização em Saúde

 

4. 04/09/19 - A Percepção da Beleza (Prof. Rafael Ruiz)

Bibliografia Obrigatória:

RUIZ RETEGUI, A., Pulchrum. Reflexiones sobre la Belleza desde la Antropología Cristiana, Rialp, Madrid, 1998, Cap. 1.

Bibliografia Complementar:

DOSTOIÉSKI, F., O idiota, Tradução de Paulo Bezerra, Editora 34, São Paulo, 2002.

MARÍAS, Julián, Mapa del mundo personal, Alianza Editorial, Madrid, 1994.

RUIZ RETEGUI, A., Pulchrum. Reflexiones sobre la Belleza desde la Antropología Cristiana, Rialp, Madrid, 1998.

 

5. 11/09/19 - Literatura e Humanização: da estética para a ética (Prof. Dante Gallian)

Bibliografia Obrigatória:

GALLIAN, D. “A Literatura como Remédio” (cap. 2)  in A Literatura como Remédio: os clássicos e saúde da alma. São Paulo, Martin Claret, 2017.

Bibliografia Complementar:

JAEGER, Werner. Paidéia: a formação do homem grego. Trad. A. Parreira. São Paulo, Martins Fontes, 2001.

COMPAGNON, Antoine. Literatura Para Quê?  Trad. Laura T. Brandini. Belo Horizonte, Ed.UFMG, 2009.

BERSON, Henri. A percepção da mudança. In:_______. O pensamento e o movente: ensaios e conferências. Trad. Bento Prado Neto. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

CALVINO, Italo. Porque ler os Clássicos? Trad. N. Moulin. São Paulo, Cia das Letras, 2007.

 

6. 18/09/19 - O Laboratório de Leitura e a Humanização em Saúde: metodologia (Prof. Dante Gallian)

Bibliografia Obrigatória:

GALLIAN, D. “A História de um Experimento Laboratorial” (cap. 1) e “LabLei: o experimento laboratorial” (cap. 3)  in A Literatura como Remédio: os clássicos e saúde da alma. São Paulo, Martin Claret, 2017

Bibliografia Complementar:

BITTAR, Y. ; SOUZA, M. S. ; GALLIAN, D. M. C. . A experiência estética da literatura como meio de humanização em saúde: o Laboratório de Humanidades da Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. Interface (Botucatu. Impresso), v. 17, p. 171-186, 2013.

GALLIAN, D. M. C.; LIMA, C. C. ; DE BENEDETTO, M.A.C. ; GUZMAN, S. M. . Humanidades e humanização em saúde: a literatura como elemento humanizador para graduandos da área da saúde. Interface (Botucatu. Online), v. 18, p. 139-150, 2014.

 

7. 25/09/19 - O Laboratório de Leitura e a Humanização em Saúde: os efeitos (Prof. Dante Gallian)

Bibliografia Obrigatória:

GALLIAN, D. “Os Efeitos: o LabLei, a humanização e a saúde da alma” (cap. 4)  in A Literatura como Remédio: os clássicos e saúde da alma. São Paulo, Martin Claret, 2017

Bibliografia Complementar:

BITTAR, Y. ; SOUZA, M. S. ; GALLIAN, D. M. C. . A experiência estética da literatura como meio de humanização em saúde: o Laboratório de Humanidades da Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. Interface (Botucatu. Impresso), v. 17, p. 171-186, 2013.

GALLIAN, D. M. C.; LIMA, C. C. ; DE BENEDETTO, M.A.C. ; GUZMAN, S. M. . Humanidades e humanização em saúde: a literatura como elemento humanizador para graduandos da área da saúde. Interface (Botucatu. Online), v. 18, p. 139-150, 2014

 

8. 02/10/19 - Filosofia, Espiritualidade e Ciência (Nádia Vitorino Vieira)

Bibliografia Obrigatória

FOUCAULT, Michel. A hermenêutica do sujeito. São Paulo: Martins fontes, 2010.

Aula de 6 de janeiro de 1982 – Primeira hora.

Bibliografia complementar

MUCHAIL, Salma Tannús. Foucault, mestre do cuidado. Tetos sobre A hermenêutica do sujeito. São Paulo: Edições Loyola, 2011. Cap. IV O cuidado de si- Momento cartesiano

PLATÃO, O primeiro Alcibíades (sobre a natureza do homem, gênero maiêutico). Diálogos – vol. V. Fedro- Cartas- O Primeiro Alcibíades. Trad. Carlos Alberto Nunes. Universidade Federal do Pará: 1975

 

9. 09/10/19 - Espiritualidade: Ciência e Teologia antes de Descartes (Nádia Vitorino Vieira)

Bibliografia Obrigatória

FOUCAULT, Michel. A hermenêutica do sujeito. São Paulo: Martins fontes, 2010. Aula de 6 de janeiro de 1982 – Segunda Aula.

Bibliografia Complementar

HADOT, Pierre. O que é a filosofia antiga? São Paulo: Edições Loyola, 1999 - O cristianismo como filosofia revelada. Cap.10

CANDIOTO, César e SOUSA, Pedro de (orgs). Foucault e o cristianismo. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2012. - Cap. 1 As religiões e o cristianismo na investigação de Foucault: elementos de contexto.

 

10. 16/10/19 - A Filosofia experimentada de Franz Rosenzweig – Realidade e contingência como cura do pensamento enfermo (Viviane C. Cândido)

Bibliografia obrigatória

PERIUS, Oneide. Franz Rosenzweig: a doença e a saúde da filosofia. Revista Filosofazer, v. 48, n. 26, p. 45-62, jan./jun, 2016. Disponível em: http://filosofazer.ifibe.edu.br/index.php/filosofazer/issue/view/23. Acesso em 18/05/2019.

Bibliografia complementar

DASCAL, Marcelo. Epistemologia, controvérsias e pragmática. Revista da SBHC, n. 12, p. 73-98, 1994. Disponível em: http://www.sbhc.org.br/revistahistoria/view?ID_REVISTA_HISTORIA=30. Acesso em:18/05/2019

ROSENZWEIG, Franz. El libro del sentido común sano y enfermo. Madrid: CaparrósEditores, 2. ed., 2001.

_______. El Nuevo Pensamiento. Buenos Aires: Adriana Hidalgo Editora, 2005.

_______. La Estrella de la Redención. Salamanca: Ediciones Sígueme, 2006.

 

11. 23/10/19 - A Filosofia Experimentada de Franz Rosenzweig – A temporalidade (Viviane C. Cândido)

Bibliografia obrigatória

WIEHL, Reiner. Tempo e Experiência no Pensamento “Novo” de Franz Rosenzweig. Revista Portuguesa de Filosofia, v. 62, fasc. 2-4, p. 553-565, abril/dez, 2006.

Bibliografia complementar

KETZER, Estevan de Negreiros. TZIMTZUM: reflexões sobre a temporalidade na era da catástrofe. Disponível em:

https://www.academia.edu/people/search?utf8=%E2%9C%93&q=TZIMTZUM%3A+REFLEX%C3%95ES+SOBRE+A+TEMPORALIDADE+NA+ERA+DA+CAT%C3%81STROFE. Acesso em: 20/05/2019

ROSENZWEIG, Franz. El libro del sentido común sano y enfermo. Madrid: Caparrós Editores, 2. ed., 2001.

_______. El Nuevo Pensamiento. Buenos Aires: Adriana Hidalgo Editora, 2005.

_______. La Estrella de la Redención. Salamanca: Ediciones Sígueme, 2006

 

12. 30/10/18 - A Filosofia Experimentada de Franz Rosenzweig – o Outro fala! (Viviane C. Cândido)

Bibliografia obrigatória

CÂNDIDO, Viviane Cristina. Franz Rosenzweig e a Educação: Conhecimento na

diferença, tendo a tensão como método. In: ROSIN, Nilva; SANTOS, Robinson dos.

(Orgs). Filosofia e Política em Franz Rosenzweig. Passo Fundo: IFIBE, 2010. p. 143-170.

Bibliografia complementar

HENRIQUES, Mendo Castro. Franz Rosenzweig e o Pensamento Dialógico. Lisboa: Universidade Católica Editora, 2017.

LÉVINAS, Emmanuel. Humanismo do Outro Homem. Trad. Pergentino Stefano Pivatto (coord.). Petrópolis: Vozes, 1993.

ROSENZWEIG, Franz. El libro del sentido común sano y enfermo. Madrid: Caparrós Editores, 2. ed., 2001.

_______. El Nuevo Pensamiento. Buenos Aires: Adriana Hidalgo Editora, 2005.

_______. La Estrella de la Redención. Salamanca: Ediciones Sígueme, 2006.

 

13. 06/11/19 - Beleza e Espiritualidade em Franz Rosenzweig (Viviane C. Cândido)

Bibliografia obrigatória

CÂNDIDO, Viviane C. Beleza e Espiritualidade em Franz Rosenzweig: Uma contribuição para o estudo da estética na Estrella de la Redención. INTERAÇÕES - Cultura e Comunidade, v. 7, n. 12, p. 143-163, jul./dez, 2012 Disponível em:

http://periodicos.pucminas.br/index.php/interacoes/issue/view/360. Acesso em 18/05/2019.

Bibliografia complementar

COMTE-SPONVILLE, André. O espírito do ateísmo. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2009.

ROSENZWEIG, Franz. El libro del sentido común sano y enfermo. Madrid: Caparrós Editores, 2. ed., 2001.

_______. El Nuevo Pensamiento. Buenos Aires: Adriana Hidalgo Editora, 2005.

_______. La Estrella de la Redención. Salamanca: Ediciones Sígueme, 2006

SOUZA, Ricardo Timm de. A radicalidade do humano: Filosofia, Judaísmo e a emergência do Real. Revista Portuguesa de Filosofia, v. 62, fasc, 2-4, p. 433-440, abril/dez, 2006.

 

14. 13/11/19 - Hermenêutica e saúde: vivência e experiência (Simeão Sass)

Bibliografia Obrigatória:

DILTHEY, W. Filosofia e educação: textos selecionados. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2010.

Bibliografia Complementar:

AYRES, J. Hermenêutica e humanização das práticas de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 10 (3): 549-560, 2005.

CAPRARA, A. Uma abordagem hermenêutica da relação saúde-doença. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(4): 923-931, jul-ago, 2003.

DILTHEY, W. Filosofia e educação: textos selecionados. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2010.

GALLIAN, D. A literatura como remédio. São Paulo: Martin Claret, 2007.

RIOS, I. C. Subjetividade contemporânea na educação médica. São Paulo, 2010. Tese de doutorado.

 

15. 27/11/19 - Hermenêutica e saúde: linguagem e expressão (Simeão Sass)

Bibliografia Obrigatória:

AYRES, J. Hermenêutica e humanização das práticas de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 10 (3): 549-560, 2005.

Bibliografia Complementar:

AYRES, J. Hermenêutica e humanização das práticas de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 10 (3): 549-560, 2005.

CAPRARA, A. Uma abordagem hermenêutica da relação saúde-doença. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(4): 923-931, jul-ago, 2003.

DILTHEY, W. Filosofia e educação: textos selecionados. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2010.

GALLIAN, D. A literatura como remédio. São Paulo: Martin Claret, 2007.

RIOS, I. C. Subjetividade contemporânea na educação médica. São Paulo, 2010. Tese de doutorado.

 

16. 04/12/19 - Hermenêutica e saúde: o conceito de compreensão utilizado nas Ciências da Saúde (Simeão Sass)

Bibliografia Obrigatória:

CAPRARA, A. Uma abordagem hermenêutica da relação saúde-doença. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(4): 923-931, jul-ago, 2003.

Bibliografia Complementar:

AYRES, J. Hermenêutica e humanização das práticas de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 10 (3): 549-560, 2005.

CAPRARA, A. Uma abordagem hermenêutica da relação saúde-doença. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(4): 923-931, jul-ago, 2003.

DILTHEY, W. Filosofia e educação: textos selecionados. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2010.

GALLIAN, D. A literatura como remédio. São Paulo: Martin Claret, 2007.

RIOS, I. C. Subjetividade contemporânea na educação médica. São Paulo, 2010. Tese de doutorado.

 


Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde - CEHFI
Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
Ministério da Educação

Rua Loefgreen 2032, Vila Clementino, São Paulo, SP.

Fones: 55-11-55764848 ramal 2533 ou 2532