2018 - ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA: UM CORAÇÃO PARTIDO E A LITERATURA COMO REMÉDIO (Marlon Ribeiro da Silva)

Marlon Ribeiro da Silva

ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA: UM CORAÇÃO PARTIDO E A LITERATURA COMO REMÉDIO

"Partindo de um debate filosófico a respeito da formação intelectual humana, discutimos como a literatura tem pode apresentar um Potencial Estético- Formativo que pode promover uma Crítica Estética da Racionalidade Técnica, esta compreendida, com base em filósofos como Habermas, Marcuse e Horkheimer, como mecanismo de controle no modo de produção capitalista."

Tese apresentada à Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, para obtenção do título de Doutor em Ciências.
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM OFTALMOLOGIA E CIÊNCIAS VISUAIS
São Paulo
2018

Orientador: Prof. Dr. Paulo Schor

Coorientador: Prof. Dr. Dante Marcello Claramonte Gallian

BAIXAR PDF COMPLETO: TESE | ANEXOS

Resumo

Introdução: Partindo de um debate filosófico a respeito da formação intelectual humana, discutimos como a literatura tem pode apresentar um Potencial Estético- Formativo que pode promover uma Crítica Estética da Racionalidade Técnica, esta compreendida, com base em filósofos como Habermas, Marcuse e Horkheimer, como mecanismo de controle no modo de produção capitalista. Objetivos: Com base em um debate sobre o conceito de estética e sua relação com os saberes gerados científica e tecnologicamente, propomos a literatura clássica universal como meio de promover a critica da Racionalidade Técnica. Desta forma, objetivamos, com base em uma experiência didática empírica, verificar o potencial estético da literatura nos âmbitos: Conceitual (ou seja, o que se entende por tecnologia e conceitos correlatos). Produtivo (neste sentido, refletir tanto sobre o que se produz; como, para quem, e porquê e suas consequências) operacional (ou seja, a reflexão sobre o agir profissional, seus significados, formas e consequências). Metodologia: Nossa pesquisa é fundamentada na experiência empírica de leitura de clássicos da literatura universal por meio da Metodologia do Laboratório de Humanidades e Tecnologia, atividade complementar oferecida aos estudantes dos cursos superiores de tecnologia em da Universidade Federal de São Paulo. Para coleta dos dados usamos da Observação Participante e História Oral de Vida e, como forma de orientar a análise, nos fundamentamos na Fenomenologia Hermenêutica. Resultados e Discussão: Nossos resultados apontam para o potencial de nossa atividade, com base em uma compreensão estética da formação da Racionalidade Estética, capaz de promover a análise crítica, tanto conceitual quanto no campo da prática, a respeito da tecnologia sob seus diversos âmbitos, tanto conceituais quanto de orientação para uma prática social. Conclusão: Concluímos por defender que a tecnologia tem, também, um papel estético e formativo que deve ser considerado quando da busca por soluções tecnológicas e inovações. Desta forma, formulamos um postulado onde a compreensão estética da tecnologia deve passar por uma reflexão também estética, e a literatura, por meio de nossa metodologia, pode proporcionar o que propomos como objetivo para realização desta pesquisa.

Abstract

Introduction: From a philosophical discussion with regard to the intellectual formation of the human being, we discuss herein how literature can have a Formative-Aesthetic Potential able to foster an Aesthetic Criticism of Technical Rationality, which can be considered, based on the ideas of philosophers such as Habermas, Marcuse, and Horkheimer, as a control mechanism within the capitalist mode of production. Objectives: Based on a discussion about the concept of aesthetic and how it is linked to the knowledge that comes from science and technology, we propose the reading of classical universal literature as a means to foster the criticism of Technical Rationality. Therefore, our goal is, based on a didactic empirical experience, to assess the aesthetical potential of literature within the following scopes: Conceptual (that is, what can be construed as technology and correlated concepts); Productive (in this sense, reflect both on what is being produced, as well as, to whom and why, and the consequences); Operational (that is, to reflect on the professional action, its meanings, forms, and consequences). Methodology: Our research is based on the empirical experience of reading classics from universal literature through the methodology of the Humanities and Technology Laboratory, a complementary activity offered to undergraduate technology courses students at the Federal University of São Paulo. For data collection we used Participant Observation and Oral History of Life and, as a way of guiding the analysis, we base ourselves on Hermeneutic Phenomenology. Results and Discussion: Our results point to the potential of our activity, based on an aesthetic understanding of the formation of Aesthetic Rationality, which is capable of fostering critical analysis, both conceptual and in the field of practice, regarding the technology within its various scopes, both conceptual and of orientation to a social practice. Conclusion: We conclude by stating that technology also has an aesthetic and formative role that must be considered when searching for technological solutions and innovation. Thus, we formulate a postulate where the aesthetic understanding of technology must undergo a reflection which is also aesthetic, and literature, through our methodology, can provide what we suggest as an objective to carry out this research.


Ficha Catalográfica

Silva, Marlon Ribeiro.

ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA: Um coração partido e a literatura como remédio./ Marlon Ribeiro da Silva. – São Paulo, 2018. ix,114.

Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Oftalmologia e Ciências Visuais

Título em inglês: ART, SCIENCE, AND TECHNOLOGY: A broken heart and the medicine of literature.

1. Tecnologia em saúde. 2. Literatura Clássica. 3. Filosofia. 4. Cultura.

5. Educação em Saúde. 6. Estética.

 


Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde - CEHFI
Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
Ministério da Educação

Rua Loefgreen 2032, Vila Clementino, São Paulo, SP.

Fones: 55-11-55764848 ramal 2533 ou 2532