2011 - Um Laboratório para a Humanização em Saúde: O Laboratório de Humanidades [..] (por Yuri Bittar)

Um Laboratório para a Humanização em Saúde

O LABORATÓRIO DE HUMANIDADES E A LITERATURA COMO INSTRUMENTO DE HUMANIZAÇÃO

2011

Dissertação de Yuri Bittar apresentada à Universidade Federal de São Paulo para obtenção do título de Mestre Profissional em Ensino em Ciências da Saúde. Este é o primeiro projeto sobre o Laboratório de Humanidades a ser concluído, e foi desenvolvido pelo CEDESS - Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde, com banca defendida e aprovada em novembro de 2011.
Este é também o primeiro trabalho a ser concluído dentro do Projeto de Pesquisa (FAPESP) As Patologias da Modernidade e os Remédios das Humanidades, coordenado pelos Professores Dr. Dante Marcello Claramonte Gallian, Dr. Luiz Felipe Pondé e Dr. Rafael Ruiz, em convênio com o King's College London.
Resumo
O presente estudo tem como objeto o Laboratório de Humanidades do Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde da Universidade Federal de São Paulo (CeHFi/UNIFESP), que se estrutura como atividade de ensino (graduação e pós-graduação) assim como de pesquisa e extensão. Nosso objetivo foi analisar de que forma esta atividade formativa, fundamentada na experiência estética e reflexiva provocada pela leitura de clássicos da literatura, atua e impacta em estudantes e profissionais da área da saúde no contexto universitário. Partindo de uma metodologia essencialmente qualitativa, baseada na observação participante e na abordagem da história oral de vida dos participantes, a pesquisa procurou avaliar e compreender como uma atividade formativa baseada nas humanidades pode ser proposta como um caminho de humanização em saúde.
Abstract
The present study aims to analyze the "Laboratório de Humanidades", offered at the Center for History and Philosophy of Health Sciences on Federal University of São Paulo (CeHFi / UNIFESP), which is structured as teaching (undergraduate and postgraduate) and research and extension. Our objective was to analyze how this teaching activity, based on aesthetic experience and reflective caused by reading classic literature, operates and impacts on students and health professionals in the university context. Starting rom an essentially qualitative methodology, based on participant observation and life oral history approach about participants, the survey sought to assess and understand how an activity-based training in the humanities can be proposed as a way of humanizing health.
Conheça o trabalho:

 

 


Centro de História e Filosofia das Ciências da Saúde - CEHFI
Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
Ministério da Educação

Rua Loefgreen 2032, Vila Clementino, São Paulo, SP.

Fones: 55-11-55764848 ramal 2533 ou 2532