EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE: Inserção na Graduação Médica

Disciplinas

1. UNIDADE CURRICULAR: EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE
(Grupo: 1.992 I – obrigatória para todos os estudantes da 2ª. Série do Curso de Graduação em Medicina)


Professor responsável: Profa. Dra. Irani Ferreira da Silva Gerab

Objetivo Geral

  • Compreender princípios e estratégias dos processos de educação e comunicação do médico com o paciente, com a equipe de trabalhadores da saúde e com as comunidades atendidas.

Objetivos Específicos

  • Conhecer os fundamentos conceituais da educação e da comunicação aplicáveis às ações de cuidado e promoção da saúde de indivíduos e comunidades.
  • Analisar criticamente processos e ações no âmbito da comunicação e da educação, voltadas para os cuidados à saúde.
  • Refletir a respeito da responsabilidade social do médico na sensibilização de indivíduos e das diversas instâncias sociais para a promoção da saúde da população.


2. UNIDADE CURRICULAR: 5163 - NUTRIÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM


Professor responsável: Profa. Dra. Elke Stedefeldt

Objetivos Gerais

  • Ao concluir a disciplina Nutrição aplicada a Enfermagem o aluno será capaz de:
    • Conhecer os princípios básicos sobre alimentação e nutrição;
    • Compreender o papel do enfermeiro no processo de cuidado nutricional do paciente;
    • Reconhecer os cuidados de nutrição como instrumento fundamental na promoção, manutenção e recuperação da saúde no nível individual e populacional adulta;
    • Conhecer os princípios básicos da avaliação nutricional do adulto;
    • Conhecer o preparo das dietas hospitalares;
    • Compreender as dietas orais hospitalares;
    • Conhecer os princípios básicos do cuidado nutricional na: obesidade e desnutrição, hipertensão arterial, diabetes melito, nos distúrbios gastrointestinais e insuficiência renal;
    • Conhecer os princípios básicos da nutrição enteral e a assistência de enfermagem correlata;
    • Reconhecer as situações de cuidado que exigem intervenções nutricionais específicas e agir de forma interdisciplinar;
    • Desenvolver linguagem técnica na área da nutrição necessária à prática cotidiana do enfermeiro;
    • Adotar atitudes de compreensão e respeito nas relações interpessoais;
    • Despertar a capacidade de liderança, tomada de decisões, ética profissional, pensamento reflexivo, comunicação, inserção em grupos de trabalho e criatividade técnica;
    • Investigar e/ou aplicar conhecimentos com visão holística do ser humano nas suas características pessoais e sociais sem perder de vista a importância de uma atuação interprofissional.

Ementa

  • Subsídios teóricos e práticos ao discente de graduação da enfermagem sobre alimentação e nutrição. Atuação do enfermeiro na equipe multiprofissonal de saúde, reconhecendo o cuidado nutricional em sua dimensão preventiva e/ou terapêutica na população adulta.

Conteúdo Programático

  • Perfil de nutrição e saúde da população adulta brasileira;
  • O papel do Enfermeiro no cuidado nutricional do paciente;
  • Alimentação equilibrada por meio do guia alimentar para a população brasileira;
  • Fluxo de preparo e modificações das dietas hospitalares;
  • Avaliação nutricional do adulto: inquérito de consumo alimentar e antropometria;
  • Cuidado nutricional na obesidade e desnutrição;
  • Cuidado nutricional na hipertensão arterial e dislipidemia;
  • Cuidado nutricional no diabetes melito e na doença renal crônica; Terapia Nutricional Enteral.

Metodologia de Ensino Utilizada

  • Partir-se-á de uma situação problematizadora sobre nutrição e saúde que fará a interação com os diferentes temas de aula ao longo da disciplina. Nas aulas serão utilizadas estratégias metodológicas que possibilitem a expressão dos alunos: preleções dialogadas, dinâmicas de grupo, cartas, relatos de experiências, mapas conceituais, dentre outras. Também serão desenvolvidos estudos de caso sobre os temas abordados em aula.

Recursos Instrucionais Necessários

  • Cenário: sala de aula;
  • Recursos necessários: computador e projetor multimídia com áudio.

Critérios de Avaliação

  • Os critérios de avaliação formativa caracterizam-se por um processo contínuo e um mecanismo de retroalimentação composto por duas avaliações: cognitiva (8,0) e atitudinal (2,0), que compõe a nota final.
  • A avaliação cognitiva prevê a avaliação processual sobre o domínio de habilidades e competências para desenvolver: o conhecimento técnico-científico, a visão crítica e ética, a iniciativa para a construção do próprio conhecimento, a capacidade de expressão, a capacidade de escrita e a visão interdisciplinar.
  • A avaliação atitudinal prevê a observação e registro de assiduidade, pontualidade, responsabilidade, interação e cooperação individual, envolvimento e empenho coletivo, postura ética e organização do trabalho em sala de aula.

Bibliografia Básica

  • CUPPARI L. Guias de medicina ambulatorial e hospitalar – UNIFESP/Escola Paulista de Medicina: Guia de nutrição: nutrição clínica no adulto. 2ª ed. Barueri: Manole, 2005.
  • HILS, M. E; OLSON, J. A.; SHIKE, M. Nutrição Moderna na saúde e na doença. 9ª ed. Philadelphia: Lea & Febiger, 2010. 
  • AITZBERG, D. L. (org.). Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica. 3ª ed. São Paulo: Atheneu, 2000

Bibliografia Complementar

Cronograma das Aulas

Aula

Data/Horário

Local

Tema

08/03/16
8h-12h

Jandira Masur

Nutrição e saúde: situação problematizadora. Elke Stedefeldt

 

10/03/16
14h-18h

Jandira Masur

Apresentação do plano de ensino, bibliografia, sistema de avaliação e contrato didático. O papel do Enfermeiro no Cuidado Nutricional do Paciente. Elke Stedefeldt

 

15/03/16
8h-12h

Jandira Masur

Política Nacional de Alimentação e Nutrição Princípios da alimentação saudável e as Cinco Chaves para a Inocuidade dos Alimentos.Elke Stedefeldt

22/03/16
8h-12h

Moacyr Alvaro

Avaliação nutricional do adulto: inquérito de consumo alimentar e antropometria e Desnutrição.
Cuidado nutricional no Diabetes. Elke Stedefeldt; Patrícia Speridião e Raymunda Viana


 

24/03/16
8h-12h

 

João Marques de Castro

Fluxo de preparo e modificações das dietas hospitalares. Elke Stedefeldt e Luciene de Oliveira

 

26/04/16
8h-12h

 

João Marques de Castro

 Terapia Nutricional Enteral e Parenteral. Elke Stedefeldt e Márcia de Freitas

15/06/16
14h-17h

João Marques de Castro

Cuidado nutricional nos Distúrbios Gastrintestinais e na Insuficiência Renal Crônica. Elke Stedefeldt e Aline Fátima Andrade de Lima

 

22/06/16
14h-17h

 

João Marques de Castro

Cuidado nutricional na Obesidade, Dislipidemias, Hipertensão Arterial e Síndrome Metabólica.Elke Stedefeldt e Raymunda Viana

 

29/06/16
14h-17h

 

João Marques de Castro

 Avaliação. Elke Stedefeldt

 

 

 
   
Disciplinas