OPERAÇÕES MENTAIS (Fernadez, 1998)

Durante o ato de estudar a mente realiza as seguintes operações:

Classificar

  • A começar pelo título, devemos classificá-lo nos diversos ramos da Ciência ou ramo do conhecimento humano.
  • A medida que colocamos "o tema" em contato com os nossos recursos de percepção, visão, audição, poderemos classificá-lo e hierarquizá-lo.
  • Após uma primeira classificação, você poderá enriquecê-la desdobrando-a.

Seriar

  • Esta operação mental se realiza quando ordenamos segundo um determinado critério as coisas que se nos apresentam ou quando colocamos os elementos de estudo em sequência, em passos progressivos ou em séries cronológicas distinguindo as partes para chegar a visão do todo.
  • Algumas temáticas se prestam mais à seriação do que outras.

Relacionar

  • Significa estabelecer relações simples ou múltiplas. Uma forma de relacionar é comparar semelhanças e diferenças.
  • Outra maneira de relacionar é aproximar possíveis causas e efeitos, introduzindo as perguntas: Por quê? e em seguida: O que acontecerá então?
  • Esta operação mental favorece a construção de "redes" estabelecendo ligação entre os fatos.

Analisar

  • Significa decompor os sistemas em seus elementos constitutivos, dividindo o todo em partes. Pode-se começar a analisar enumerando as qualidades, as características de um ser ou um fenômeno.

Reunir e compor conjuntos de sistemas

  • Quando se estuda, pode-se tornar o próprio estudo um ato de criação, ao reunir os elementos que compõem o tema de maneira original.
  • A reunião pode ser mais original e completa se reunirmos os dados relativos ao objeto aos conhecimentos relacionados.
  • Sempre que se retomam elementos das informações isoladas, reorganizando-as num todo, estamos utilizando a operação de reunir.

Sintetizar

  • Se refere a reduzir aos aspectos essenciais do objeto. É necessário fazer a identificação dos itens principais para que seja resgatada a visão global e a relação entre as informações. Pode ser feito em forma de quadro sinóptico, mapa conceitual ou outras.


    "... Uma boa síntese ... é com freqüência um meio de estimular a memória muito mais útil do que extensivas anotações ... porque funciona como um lembrete ativo, um mapa mental que induz o cérebro a reconstruir com significados ... se não fixarmos os significados por meio do processamento de informações num nível bem mais profundo, torna-se praticamente impossível reconstruí-los." (BARNES)

Representar

  • Se refere a aproximações das idéias a objetos concretos associando teoria e prática. Existem diversas formas de representar, mediante imagens figurativas, gráficos, diagramas, modelos.

Argumentar

  • Uma das atividades que melhor garantem a aprendizagem é tentar provar ou justificar um conceito procurando reunir fundamentos para uma afirmativa ou negativa.

Transferir

  • Transferir consiste em reproduzir ou aplicar o que foi aprendido, porém modificando-o, ou melhor, ajustando-o às novas situações.

Avaliar

  • Para avaliar você deve ter desenvolvido a capacidade de reunir, analisar, sintetizar, argumentar e conceituar. Supõe uma atitude crítica considerando os aspectos positivos e negativos e tomada de decisões.

fechar